Please reload

Posts Recentes​

6 dicas infalíveis para você melhorar seu vocabulário para ao TOEFL

July 31, 2017

1/2
Please reload

Em Destaque

Por que é impossível "passar" no TOEFL? (E o que você pode fazer sobre isso)

August 22, 2017

O guia passo a passo para definir a nota que você precisa tirar no TOEFL e estudar na universidade dos seus sonhos

 

Nos meus mais de 10 anos como professor, uma das perguntas mais comuns que ouvi dos meus alunos foi: "Professor, que nota eu preciso pra passar?"

 

Sem surpresa, a primeira pergunta que ouço de quem quer estudar no exterior é quase igual: "Lucas, que nota eu preciso tirar pra passar no TOEFL?"

 

Aí você chega aqui e se depara comigo, que já fiz o exame algumas vezes, dizendo que é impossível "passar" no TOEFL.

 

Como assim?!

 

Calma, meu caro(a)! Antes de fechar esta janela e ir buscar alguém que promete te revelar "o segredo" de aprender sem estudar, leia o que eu tenho a te dizer.

 

Este artigo é especialmente interessante para quem pensa em fazer uma pós-graduação no exterior, mas se aplica a qualquer um que queira estudar numa universidade ou programa de estudos cujo idioma principal é o inglês.

 

Prometo que será mais útil (e divertido, espero) que qualquer ebook gratuito que diz que você pode aprender inglês enquanto dorme...


Por que é impossível "passar" no TOEFL?

 

Você que é uma pessoa inteligente (como todos os leitores deste blog!) já deve ter percebido que usei aspas sempre que falei em passar. E é aí que está a resposta da nossa pergunta.

 

Não existe UMA NOTA para passar no TOEFL, mas sim a SUA NOTA para "passar" (com destaque para as aspas, mais uma vez). De agora em diante, chamaremos essa nota de nota-alvo.

 

Então se você esperava descobrir a nota que você precisa tirar na prova para nunca mais ter que pensar nisso, deixe essa ideia de lado. Esse número mágico não existe, pois a nota-alvo depende do(s) programa(s) de estudos em que você vai tentar entrar. Além disso, o TOEFL tem validade de apenas dois anos.

 

O(s) programa(s) de estudos e sua nota-alvo

 

Caso você queira fazer uma graduação ou pós-graduação em algum programa de estudos em inglês, deve saber que cada um requer uma nota diferente. E preste bastante atenção que eu uso o termo programa de estudos, e não universidade ou país.

 

Digo isso porque há diversos programas totalmente em inglês mesmo fora de países anglófonos. Na verdade, eu diria que há uma forte tendência no meio acadêmico internacional de que programas de pós-graduação sejam totalmente em inglês (mas deixo esse tema para outro post).

 

Outro motivo importante que me leva a falar disso é que até mesmo programas diferentes de um mesmo departamento às vezes exigem notas diferentes no TOEFL. Essa nota também vai depender do tipo de programa (graduação, MBA, Doutorado, etc) e do ranking da universidade, geralmente.


Quer fazer uma graduação numa community college pouco concorrida nos EUA? Talvez eles peçam uma nota tão baixa quanto 61 pontos (de um máximo de 120) e ofereçam cursos para você melhorar seu inglês antes das aulas começarem.

 

Quer fazer MBA em Harvard? Vai ter que tirar no mínimo 109 pontos (uma nota altíssima)!

 

Quer fazer Doutorado e ser Teaching Assistant (monitor)? Alguns programas exigem notas minimas em cada uma das seções da prova para garantir que você tem um inglês minimamente equilibrado.

 

E se você quiser entender melhor o sistema de pontuação da prova, recomendo ler esse post.

 

Como definir sua nota-alvo

 

Agora que já deve estar claro que você mesmo tem que definir sua nota-alvo e que ela vai depender dos programas de estudos que te interessam, vamos conhecer dois métodos que você pode usar para chegar a essa nota.

 

Método 1: TOEFL Destination Search

 

O TOEFL Destination Search é a ferramenta oficial da ETS, a empresa que gerencia o TOEFL, para buscar instituições e programas de estudos que exigem o exame por nome, localidade ou pela nota que você tirou, caso já tenha feito o teste.

 

Para utilizá-la, siga os seguintes passos:

 

1. Acesse o site TOEFL Destination Search;

 

2. Você verá uma barra de busca chamada "Quick Search" (imagem abaixo);

 

3. Se você souber o nome da instituição (ou mesmo a cidade onde ela fica), digite-o e clique em "Search";

 

4. Se você já tiver uma nota e quiser encontrar universidades que a aceitem, use a segunda barra de busca, chamada "Score Search (imagem abaixo)". Você precisará informar seu score, o nível do programa, o país e, caso este seja nos EUA, o estado.

 

 

Você deve saber que essa ferramenta não contempla todos os programas de estudos. Se esse for o caso, você verá a mensagem "Contact the Institution" na coluna intitulada "Minimum Score". De qualquer forma, vale a pena utilizá-la antes de partir para o próximo método.

 

Método 2: Busca nos sites dos programas

 

Este método é mais trabalhoso, mas também mais confiável, e consiste em pesquisar a nota mínima requerida nos sites de cada programa.

 

Basta seguir os passos abaixo:

 

1. Faça uma lista dos programas de estudos em que você está interessado. Numa situação ideal, você já vai saber quais são eles antes mesmo de se inscrever para o TOEFL;

 

2. Nos sites de cada um deles (que você acha com uma rápida busca no Google), procure alguma aba chamada "Admissions" ou FAQ (Frequently Asked Questions);

 

3. Você deve encontrar alguma página ou tópico chamado "Language Requirements" ou simplesmente "TOEFL". Leia com cuidado para encontrar a nota mínima exigida.

 

Concluída sua busca, sua nota-alvo, que garantirá que você pode concorrer a vagas em todos os programas que te interessam, será a maior dentre as notas que você pesquisar.

 

Já a menor delas, será sua nota mínima, que te permitirá concorrer a pelo menos um desses programas.

 

Códigos das instituições e envio das notas

 

Ao encontrar os programas e suas respectivas notas, é recomendável que você anote seu código identificador, chamado DI Code, mas que você pode encontrar somente como "Institution Code" ou algum nome similar.

 

Ele é um código numérico único, com quatro algarismos, que identifica cada instituição ou o programa para o qual você quer que a ETS envie sua nota automaticamente.

 

Ao fazer sua inscrição para a prova, você verá uma lista com todos os programas e seus respectivos códigos e poderá escolher até quatro deles, que vão receber sua nota assim que ela estiver disponível.

 

Se você quer aumentar suas chances de aprovação, talvez esteja se perguntando: "Mas Lucas, e se eu quiser enviar applications para mais de quatro universidades?".

 

Bem, durante esse longo processo de preparação para estudar no exterior, você vai aprender rapidamente que there is no such thing as a free lunch ou, em português claro, nada é de graça!

 

Isto é, sempre há uma cobrança adicional descrita nas letras miúdas de alguma nota de rodapé numa galáxia distante. Neste caso específico, se você quiser enviar seu score para mais de quatro programas/universidades, há um custo adicional de US$20 por cada nota adicional enviada.


E ainda há outro detalhe importante: esses quatro programas devem ter seus códigos informados até as 22h do dia anterior ao da prova. Caso contrário, você terá que pagar esse valor para cada nota que enviar após fazer o teste.

 

Por isso, tenha muito cuidado! Esses gastos não planejados podem implodir seu orçamento antes mesmo de você receber sua primeira bolsa.

 

O que fazer se você não atingir a nota mínima

 

Caso você não atinja sua nota mínima, você não poderá sequer concorrer a uma vaga em um dos programas que te interessa. Presumindo que você não vai desistir tão facilmente assim de seus objetivos, você terá que fazer o TOEFL novamente para tentar melhorar sua nota.

 

Para isso, você deve esperar no mínimo 12 dias - regra da ETS - e terá que pagar novamente pela inscrição, que custa atualmente US$215 no Brasil. Por isso, se você tiver qualquer dúvida sobre sua capacidade atual de atingir sua nota-alvo, preste atenção à data da prova.

 

Minha principal recomendação nesse caso, é que você não marque sua prova numa data muito próxima à do prazo de envio dos documentos para seu application, pois se precisar fazer a prova novamente, terá tempo suficiente para reenviar sua nota.

 

Tendo isso e mente, investir num curso preparatório pode parecer caro, mas o Plano Basic do PreparaTOEFL custa menos da metade do valor que você vai ter que pagar se tiver que repetir o teste, e mesmo no Plano Pro, você ainda gasta menos que isso (saiba mais sobre nossos planos e preços).

 

Conclusão

 

Bem, se você só puder lembrar de uma coisa deste texto inteiro, lembre-se do seguinte: sua nota no TOEFL depende do programa em que você quer estudar!

 

Além disso, um erro muito comum é achar que ao atingir a nota mínima requerida no TOEFL, você já tem uma grande vantagem sobre os demais concorrentes, o que não é verdadeiro.

 

Na verdade, obter essa nota é apenas um passo para entrar em um programa de estudos. Uma vez atingida a nota de corte proposta, é pouco provável que pontos adicionais façam uma grande diferença na sua seleção, salvo raras exceções que normalmente estrarão 

 

Se você quiser aprender mais sobre o TOEFL, não deixe de inscrever-se em nosso mini-curso gratuito com dicas e explicações que são uma mão na roda para quem está pensando em fazer a prova.

 

E se você ainda tiver alguma pergunta ou dúvida, deixe seu comentário aqui e responderemos rapidamente!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Redes Sociais​
Please reload

Tags
Please reload

Arquivo​
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon
MAPA DO SITE

TOEFL® e TOEFL iBT® são marcas registradas da EDUCATIONAL TESTING SERVICE (ETS). Os produtos ou serviços descritos nesta página não são endossados ou aprovados pela ETS.

CLIQUE NO BOTÃO AO LADO PARA SABER MAIS